Skip to content

Nissan – Carrão ou Errão?

December 10, 2010
by

O burburinho do dia – ou da semana – é a campanha Quero meu Carrão, da Nissan, tocada pela ID/TBWA. A idéia da campanha é simples, inicialmente: quem conseguisse 44.500 RTs de uma determinada mensagem levaria um Nissan Tiida novinho. Entendo o conceito da idéia: um carro desses custa mesmo R$44.500 e faz sentido pedir esse número exato de RTs.

O difícil é alguem conseguir honestamente.

Logo de cara, dois usuários se destacaram. A @anarina, apoiada por uma turma do barulho, resolveu ganhar o carro e doá-lo para a Família Santa Clara, registrando essa declaração em cartório e tudo. Essa campanha gerou adesão altíssima, chegando a mais de 26000 RTs, um número impressionante.  Como nem tudo são flores, obviamente um usuário espertão criou um perfil e saiu usando script a dar com pau até fazer os 44.500 rts. Supostamente, o dono desse perfil seria o mesmo dono do site NovoFollowers, famoso por conseguir muitos seguidores pro seu perfil. Porém, ao fazer o cadastro nesse site, o usuário deve permitir que o site faça alterações na sua conta. Dessa maneira, seria simples publicar um RT na timeline de todos os cadastrados por lá; e parece que foi isso que rolou. Nesse post do Eden tá tudo explicado no detalhe.

Aí vem a segunda parte da história, exatamente o ponto que quero divulgar aqui. Percebendo o erro, a Nissan  criou uma solução paliativa: como não conseguem provar o uso de script pelo usuário vencedor (não me perguntem, não sei de nada de área técnica), decidiram premiá-lo assim mesmo e dar um segundo carro para o próximo vencedor da promoção.

Além disso, foi constituída uma comissão com representantes da agência, da Nissan e da auditoria, e 4 representantes de redes sociais. A idéia é que essa comissão avalie o proximo vencedor para observar o uso de script, a campanha, etc etc. Se a comissão validar, vence. Se não, desclassifica.

Além disso, caso ninguém atinja os 44500 Rts requeridos, foi explicitado que o participante melhor colocado no ranking leva, independente do numero de RTs que possua.

O que me agrada nessa decisão é, sem dúvida, ver uma empresa como a Nissan admitindo um erro desse porte. Como profissional da midia social, é sempre bom ver que a empresa se preocupa com a repercussão na rede social e percebe a força que esse mercado tem.

Por outro lado, o fato de dar o primeiro carro pro “scripteiro” gerou uma baita revolta em boa parte dos usuários da rede social. Dois posts foram bem contundentes: o Morroida e o Gravz. O Eden, um dos membros da comissão, deu o ponto de vista dele. Eu fico dividida. Se por um lado considero um grande passo reconhecer o erro e mudar de estratégia, dar o carro para alguém que trapaceou me incomoda profundamente.

Queria abrir uma discussão com este foco: vale a pena continuar a promo? A empresa perde ou ganha assumindo seu erro? E qual seria a melhor solução para o caso?

 

Advertisements
4 Comments leave one →
  1. December 10, 2010 7:47 pm

    Pois é, Gabi. Preferia ver a guria scripteira não levar o prêmio mas isso foi uma decisão da NISSAN pra evitar brigas na justiça. Decidiram, ponto. Eu gostaria de vê-los continuando a promoção e mandando a guria as favas, acionando-a, brigando, levantando a bandeira… mas seria esperar demais, né?

    Mas, como você mesmo disse, acho válido terem assumido o erro, reconhecido e investido numa forma de não prejudicar ninguém.

    Mas quem sabe ainda não sobre algo pra Thalita e seu namorado trambiqueiro, hein? Esperança é a última que morre.

  2. December 11, 2010 3:18 pm

    Achei ridicula a decisão da Nissan de premiar o usuário que venceu utilizando de trapaça. Pergunto se eu trapacear agora também serei premiado?
    Não sei muito bem como isso funciona, mas na minha opnião é que o trapaceador deveria pagar na justiça pelo o que fez.
    Abraço

  3. December 13, 2010 5:21 pm

    Oi Gabi,

    Eles erraram e assumiram as falhas no caminho…

    Não vejo problemas na correção, mas sim no planejamento que deveria ter previsto todas as possibilidades de falhas.

    Abs!

  4. February 25, 2011 10:18 pm

    Acho que a equipe de criação da Nissan deveria ter previsto que algo do tipo poderia acontecer e posto isso como uma das regras de desclassificação, mas pelo que entendi no texto não foi o que aconteceu então no que se refere a regras não foi nenhuma trapaça legal, mas sim moral.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: